Conteúdo do site
Submenu: Publicações

Boletim Interação – v. 10 n. 6 junho 2005

EDITORIAL

Veja neste número do Boletim Interação, informações sobre eventos promovidos pelo SIBi/USP, eventos futuros da nossa área, informações sobre o PAQ (Programa de Avaliação da Qualidade), além de outras notícias.

Para enviar suas sugestões ao nosso Boletim, divulgar as novidades e notícias de sua Biblioteca, envie um e-mail para a equipe do Boletim Interação através do e-mail atendimento@aguia.usp.br.

DIREITOS AUTORAIS E REPROGRAFIA – PALESTRA

Em 30.05. p.p., no Auditório da Faculdade de Educação da USP, aconteceu palestra sobre a questão dos direitos autorais e a reprografia em instituições de ensino e pesquisa.

O evento contou com a participação de 67 pessoas e para quem não pode estar presente, foi possível acompanhar as discussões, pela transmissão simultânea, via Internet, a partir da SIBiNet. Foram 19 acessos simultâneos no momento de pico.

As palestrantes foram Dra. Eliane Yachouh Abrão – Presidente da Comissão de Direitos Imateriais da OAB/SP e Dra. Sonia Maria D’Elboux – Comissão de Direitos Imateriais da OAB/SP

A abordagem resultou do desdobramento de seminário sobre o assunto, promovido pela OAB (Ordem dos advogados do Brasil) em 20.04.2005, e mostrou-se muito oportuna como confirmaram as avaliações, inclusive quanto à transmissão online pela internet.

As palestrantes destacaram a importância de se garantir o acesso à informação, com ações de compartilhamento e cooperação entre instituições, preservados os aspectos legais de direito de autoria, numa interpretação da lei sob um mesmo foco por todos os interessados na questão.

Em 03.06.p.p., foi publicado no Diário Oficial a Resolução 5213, de 02.06, que regulamenta a extração de cópias reprográficas de livro, revistas científicas de periódicos no âmbito da Universidade de São Paulo. A resolução está disponível para consulta pelo endereço http://www.usp.br/normas.

DEFESA DE DISSERTAÇÃO DE MESTRADO

Em 23.05.2005, na Escola de Comunicações e Artes da USP, a bibliotecária Maria Imaculada Cardoso Sampaio, Diretora da Biblioteca do Instituto de Psicologia da USP, defendeu sua dissertação para obtenção do grau de mestre.
Aproveitamos a oportunidade para parabenizá-la e divulgar seu trabalho.

SAMPAIO, M. I. C. Motivação no trabalho cooperativo: o caso da Rede Brasileira de Bibliotecas da Área de Psicologia – ReBAP. 2005. 127p. Dissertação (Mestrado) – Escola de Comunicações e Artes, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2005.

RESUMO

A motivação tem sido objeto de destaque nos estudos das várias ciências, mas é a Psicologia, especialmente a psicologia existencial humanista, que encontrou na matéria vasto campo de estudo e investigação. A cooperação também vem ganhando relevância nas pesquisas sociais e nas discussões teóricas e conceituais, assim como no campo das ações ou comportamentos observáveis. É a partir desse horizonte que este estudo busca medir os fatores motivacionais presentes no trabalho cooperativo da Rede Brasileira de Bibliotecas da Área de Psicologia – ReBAP, uma vez que o esforço desse grupo de bibliotecários tem assegurado a manutenção da mais importante fonte de informação da Biblioteca Virtual em Saúde – Psicologia (BVS-Psi), visando o estabelecimento de ações que possibilitem a ampliação dessa cooperação. Para o embasamento teórico da pesquisa foram discutidas diversas teorias e conceitos das grandezas: motivação e cooperação, levantados na literatura. A partir dessa fundamentação teórica foram estabelecidas categorias de análise para confronto com o discurso dos bibliotecários participantes do Grupo Focal, técnica definida para a coleta de dados. Os resultados mostram que os fatores motivacionais e de higiene, determinados por Herzberg, orientados para este estudo: Reconhecimento, Realização, Possibilidade de crescimento, Responsabilidade, Trabalho em si, Condições de trabalho, Relacionamento interpessoal e Salário foram percebidos na fala dos membros do Grupo e oferecem possibilidades de ações que, uma vez implementadas, contribuirão para o crescimento da cooperação entre os membros da ReBAP.

EDITAL CNPQ – PROPOSTAS PARA EDITORAÇÃO E PARA PUBLICAÇÃO DE PERIÓDICOS CIENTÍFICOS BRASILEIROS

O Ministério da Ciência e Tecnologia, por intermédio do Conselho Nacional de
Desenvolvimento Científico e Tecnológico – CNPq, convoca os interessados a apresentarem projetos para a seleção pública de propostas para editoração e publicação de periódicos científicos brasileiros, através do Edital MCT/CNPq nº 30/2005.

As propostas devem ser apresentadas por meio do Formulário Eletrônico de Propostas, disponível na Internet, a partir da data de lançamento do edital no Diário Oficial da União, observando-se rigorosamente as correspondentes instruções de preenchimento nele contidas.

O recebimento de propostas compreende o período de 25.05.2005 até 08.07.2005

PROGRAMA DE AVALIAÇÃO DA QUALIDADE DOS PRODUTOS E SERVIÇOS DO SIBi/USP

Maria Imaculada Cardoso Sampaio
Diretora da Biblioteca do IP/USP

A II etapa do Programa de Avaliação da Qualidade dos Produtos e Serviços do SIBi/USP – PAQ Etapa II terá início em agosto de 2005, quando o Grupo responsável apresentará a proposta de trabalho ao conjunto das 40 bibliotecas do SIBi/USP. Essa nova fase do Programa visa detectar as necessidades dos usuários, utilizando a linha técnica do Incidente Crítico.

Segundo Flanagan (1973, p. 99) a Técnica do Incidente Crítico

(…) consiste em um conjunto de procedimentos para a coleta de observações diretas do comportamento humano, de modo a facilitar sua utilização potencial na solução de problemas práticos e no desenvolvimento de amplos princípios psicológicos, delineando também procedimentos para a coleta de incidentes observados que apresentem significados especial e para o encontro de critérios sistematicamente definidos.

O grupo conta com a orientação do Prof. Adherbal Caminada na aplicação da Técnica e já empreendeu uma etapa piloto nas bibliotecas às quais os membros do Grupo pertencem.

A participação das Bibliotecas do Sistema nessa etapa é de fundamental importância e garantirá ao SIBi/USP a continuidade da proposta de imprimir o máximo de qualidade na prestação de serviços aos usuários.


Veja também, o artigo PAQ – Programa de avaliação da qualidade de produtos e serviços de informação: uma experiência no SIBi/USP, publicado na Revista Ciência da Informação. Também encontrado na lista de publicações doLibQUAL.

4º SEMINÁRIO DE GESTÃO DO CONHECIMENTO EM EDUCAÇÃO E TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO

Dias 30.06 e 01.07.2005 aconteceu, em Campinas no Centro de Convenções da UNICAMP, o 4º Seminário de Gestão do Conhecimento em Educação e Tecnologia da Informação.

O tema central deste ano foi “As Novas Competências em Informação
e Educação na Era Digital”.

Paralelamente a este evento, aconteceu o “I Encontro Internacional de Gestores do Conhecimento em Educação e Tecnologia da Informação”.

SEMINÁRIO SOBRE ACESSIBILIDADE E INCLUSÃO DIGITAL

De 05 a 06.10.p.f., acontecerá em São Paulo o “III Seminário, II Oficinas e II Mostra Acessibilidade, TIC e Inclusão Digital”, organizado pela Faculdade de Saúde Pública da USP.

O evento está organizado da seguinte maneira:

Seminário: apresentação oral de trabalhos em painéis ou mesas redondas, em torno do temas: Setor Público – Política, Programas, Ações e Resultados; – Universidade – Política, Programas, Ações e Resultados; – Sociedade Civil Organizada – Práticas Bem Sucedidas; – Soluções Técnicas Consolidadas.
Período: 13h 30min às 18h 30 min.

Oficinas: mini-cursos de 4 h cada um.
Período: 8h 30 min às 12h 30 min.

Mostra: apresentação selecionada de produtos e serviços voltados para pessoas com deficiência, idosas ou economicamente excluídas e com foco em tecnologia da
informação e comunicação.

Local: Faculdade de Saúde Pública da USP – Av. Dr. Arnaldo, 715 (Cerqueira César), São Paulo-SP, Brasil.

Informações Gerais e Inscrições, consulte o website do evento.

Maiores informações, através dos contatos:

e-mail: acessibilidade@fsp.usp.br.
Fax: (11) 3066 7732 ou 3066 7709 – Assunto: ATIID 2005
A/C Coordenação Geral: Prof. Dr. Ana Isabel Paraguay

COMENTÁRIO DA NOTÍCIA
UNIVERSIDADES TROCAM LIVRO POR BIBLIOTECA VIRTUAL

Conforme anunciado no Boletim anterior, a respeito da notícia divulgada no Boletim da Associação Brasileira de Tecnologia Gráfica de 17.05.p.p., que informava sobre a Universidade do Texas dispensar cerca de 90 mil volumes de sua biblioteca, abrindo assim espaço para um Centro de Informação Eletrônica 24 horas, o DT/SIBi recebeu os seguintes comentários.

Colegas…

A formação do aluno, e das pessoas em geral, é um processo que inclui a interação com diferentes tipologias e formatos documentais, em diversos espaços de aprendizado, inclusive a biblioteca. É preciso considerar a convivência simultânea e enriquecedora da diversidade.

Elisabeth Adriana Dudziak
Divisão de Bibliotecas
Escola Politécnica da USP

O que está acontecendo na Universidade do Texas é o reflexo de uma tendência geral, cujos resultados a longo prazo é difícil vislumbrar. Vários fatores intervêm na discussão a respeito das vantagens e desvantagens do digital sobre o impresso e análises simplistas ou tendenciosas, muito freqüentes, só servem para polemizar ainda mais um assunto já bastante polêmico por si só, principalmente quando tem por trás, mais ou menos ocultos, interesses pessoais ou de grupos, sejam estes quais forem. Assim, quero deixar bem claro que esta minha não é uma análise, nem tampouco uma abordagem fundamentada em estudos ou pesquisas; é, pura e simplesmente, uma breve opinião, que, como todas as opiniões, fundamenta-se nas experiências, crenças e esperanças de quem as emite.

Ninguém, por mais impermeável que seja às modernas tecnologias, pode duvidar das vantagens de se ter material de pesquisa à disposição sem limites de tempo e de espaço. Se para alguns a manipulação das ferramentas eletrônicas ainda apresenta certas dificuldades, mais ou menos intensas dependendo de seus conhecimentos e/ou preconceitos, para a imensa maioria este problema não existe e a cada dia que passa menos existirá; primeiro, graças a programas cada vez mais amigáveis, segundo, porque as gerações atuais aprendem a acessar sites e fazer downloads antes mesmo de aprender a dizer: mamãe. Por outro lado, acredito que o digital sobrepujará o impresso apenas no que se refere a materiais de pesquisa, e isso pelas razões temporais e espaciais acenadas acima, aliadas a fatores como: custos, espaços físicos para armazenagem e rapidez de difusão. Com relação a outros tipos de materiais, quer me parecer que o impresso continuará dominando por muito tempo.

No nosso trabalho, quando precisamos de uma informação para uma pesquisa que estejamos efetuando, nada melhor do que recorrer ao micro e encontrar, em poucos minutos, sem sair da sala e a baixo custo, o que nos interessa e dele fazer uso. Mas, no momento de nos deleitarmos com uma bela poesia, um conto bem contado, um romance saboroso, uma obra pictórica ou fotográfica, provavelmente preferiremos folhear um livro de boa qualidade, gostoso de manusear, do que uma seqüência de telas de micro ou um punhado de folhas A4 impressas em Times New Roman, 12, após um magistral e bem sucedido download.

Roberto Barsotti
Departamento Técnico do SIBi/USP

A formação de laboratórios de aprendizado digital, não deixa de ser interessante, ainda mais que o acervo será deslocado e não eliminado da Universidade. Porém, o que se percebe nesta notícia, é que uma mudança radical e sem um esclarecimento prévio dos objetivos do novo serviço aos usuários, pode gerar interpretações erradas e até mesmo polêmica impedindo assim, o bom desenvolvimento do serviço.

Elisabete Neves
Bibliotecária do DT/SIBi

Acesse aqui para ver a matéria completa novamente.

Se você encontrar uma notícia que achou interessante, envie para a equipe doBoletim Interação.

PALESTRA COMO APRESENTAR SEMINÁRIOS

Realizou-se em 16.06.p.p., na sala de treinamento do Departamento Técnico do SIBi/USP, na Cidade Universitária, em São Paulo, a palestra sobre o tema“Como Apresentar Seminários”, proferida pelo Prof. Dr José Carlos Cintra, da Escola de Engenharia de São Carlos.

O encontro teve por objetivo demonstrar a técnica de apresentação de seminários, desenvolvida pelo professor nos últimos anos, com resultados que agregam qualidade ao conteúdo desenvolvido naqueles momentos.

O evento despertou grande interesse junto ao público das Bibliotecas e contou com 40 participantes. Houve, ainda, a oportunidade de transmissão da palestra pela Internet, o que ampliou a oportunidade para os profissionais situados em Bibliotecas distantes da Cidade Universitária de São Paulo, bem como para aqueles que não puderam deixar seu local de trabalho.

As avaliações confirmaram o alcance do objetivo, reforçando o interesse do público presente sobre a necessidade da promoção de um curso teórico-prático sobre a técnica.

NOVA BASE DE DADOS HEIN ONLINE

Está disponível para consulta, nos equipamentos existente na USP, a nova Base de Dados Hein Online.

Trata-se de uma base de dados para pesquisa jurídica que contém textos completos de jurisprudência e publicações de direito anglo-saxão.
Inclui revistas, leis federais americanas, tratados internacionais e relatórios da Suprema Corte dos Estados Unidos. São cerca de 600 títulos de revistas da área legal disponíveis desde o primeiro exemplar publicado.

Oferece ao pesquisador, informações a respeito dos desenvolvimentos e questões legais, bem como análises em profundidade de importantes decisões legais.

Consulte.

 

Rodapé do site

Rua da Praça do Relógio, 109 - Bloco L – Térreo - 05.508-900 - Cidade Universitária, São Paulo, SP
(011) 3091-4195 / (011) 3091-1547 | atendimento@aguia.usp.br

© 2015 - 2020 AGUIA - Todos os direitos reservados | Apoio: Apoio Fapesp